18 de jul de 2013

Oficina de Commedia dell’Arte agrada participantes

commedia 1  

A oficina “A Máscara e a Improvisação na Commedia dell’Arte”, promovida pelo Teatro Cidade do Saber (TCS) e ministrado pelo doutor em Artes Cênicas Marcus Villa Góis, foi concluída na noite desta quarta-feira (17). Carregadas de teor prático e conteúdo aplicável, as aulas intensivas duraram três dias e contemplaram as expectativas dos inscritos, entre os quais dominava o sentimento de satisfação.

É o que se nota em depoimentos como o de Rosane Lobo, professora de Artes e Ciências que integra um grupo de teatro em Santos (SP). A educadora se deslocou do sudeste para a Bahia só para participar da oficina. “Com certeza valeu o esforço. Essa linguagem me interessa muito e volto para casa levando o que vim buscar. A didática do professor é muito interessante e facilita o aprendizado”, avalia.

commedia 3

Outro componente da turma, o conselheiro da Câmara de Teatro e Congêneres do município, Antônio Bispo, ressalta o desenvolvimento pessoal que a oficina lhe proporcionou. “Para mim, é uma concepção totalmente nova. Um conhecimento que amplia não só os meus horizontes, mas o universo de possibilidades culturais de Camaçari”, afirma. A professora de filosofia Liamar Francisco emenda: “a iniciativa de trazer essa oficina merece nossas congratulações”.

Titular do curso de Artes Cênicas da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul e autor de tese na área da Commedia dell’Arte, Marcus Villa Góis destaca que os principais benefícios práticos da oficina são as técnicas específicas de aquecimento e improvisação no uso das máscaras e interpretação de personagens do gênero. “Os participantes são ativos e interessados. As aulas fluíram bem. A estrutura do TCS também contribuiu  para o sucesso da atividade". 

commedia 2

A diretora do TCS, Elisângela Sena, que já foi dirigida por Marcus quando atuou na peça O Mentiroso, aconselhou a turma a sempre buscar novos conhecimentos na área cultural. “Nossa intenção é continuar trazendo oficinas e queremos que vocês participem sempre. Podemos aprender a transformar nossas praças em palcos. Há muito na cidade a ser explorado”, comenta, referindo-se as técnicas do teatro popular características da Commedia dell’Arte. 

Ao final, todos os participantes receberam certificados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário