2 de ago de 2012

Professor de teclado da Cidade do Saber ganha bolsa em universidade européia

 

A Cidade do Saber se despede, com orgulho, de um colaborador que muito contribuiu com a missão de promover inclusão social através da arte. Sidney Borges, cuja relação com a instituição iniciou há cinco anos, ou seja, desde a inauguração do complexo, foi contemplado com uma bolsa de estudos para cursar Arte, com Especialização em Música, na Universidade de Coimbra, em Portugal.

prof mus1  

O professor de teclado entrou na Cidade do Saber como primeiro aluno do curso de dança moderna. A paixão pela arte fez com que participasse de outras turmas após a primeira e assim chegou ao Núcleo de Música. Matriculou-se para aulas de violão, mas o conhecimento que já possuía sobre outro instrumento – o teclado – o colocou em relevo.

A sintonia entre seus dedos e as teclas, de tão convincente, conquistou a confiança da professora de teclado, Francine Andrade e, em pouco tempo passou a substituí-la esporadicamente frente aos aprendizes do instrumento. A performance agradou e, este ano, foi formalizado como integrante do quadro de educadores do Núcleo de Música.

Seu talento trouxe novas oportunidades de enriquecer o aprendizado da arte. Depois de uma seleção repleta de requisitos e concorrentes, afunilados em três etapas, Sidney conquistou uma das duas bolsas ofertadas e, no final de agosto, parte rumo a Europa para desfrutar, por dois anos, do prêmio alcançado por mérito.

prof mus2

Despedida – No último dia como professor de teclado da Cidade do Saber, muitas felicitações e agradecimentos lhes foram feitos. O gestor do Núcleo de Música, Raul Carlos Gomes, destaca uma qualidade especial no músico. “Ele chegou com o conceito de inclusão social formado em si. É dele e por isso deu tão certo aqui. E sei que ele vai fazer bonito onde chegar”, declara durante a despedida, que contou com bolo e muitos abraços dos amigos.

prof mus3

Sidney agradece as mensagens de apoio e carinho e, quando o faz, cita que a Cidade do Saber mostrou que ele poderia ir mais longe no caminho da arte. “Foi aqui que tudo começou. Aqui intensifiquei meu contato com a arte e essa conquista não seria possível sem a contribuição de vocês. Vou me distanciar por um tempo, mas mesmo longe estarei com vocês no meu coração. Obrigado por tudo”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário