10 de mai de 2011

A irreverência do “Sexo aos 60”

 

aDSC07921 

 

Por dois dias (07 e 08), o público do Teatro Cidade do Saber divertiu-se com as histórias hilariantes do ator, jornalista e escritor Alexandre Ribondi. Na peça “Sexo aos 60 e outras mentiras”, o típico homem brasileiro é totalmente “desmascarado” pelo artista, que contou por uma hora e meia, todos os estágios da sexualidade, desde o nascimento até velhice, sem nenhum pudor ou vergonha.

Com o formato “stand up comedy” (comédia em pé), o texto do espetáculo foi escrito por Ribondi e Sérgio Sartório. Os dois já são conhecidos por suas comédias sobre o cotidiano do homem moderno, sempre levando em conta os aspectos divertidos das situações mais inusitadas.

Vista por mais de 10.000 espectadores, "Sexo aos 60…” apesar de parecer mais uma obra de humor em que são expostas partes da intimidade das pessoas, arrancando risadas a cada segundo, tem no fundo, uma mensagem positiva: chegar aos 60 em plena aceitação de si mesmo e sem os típicos medos infundados impostos pelo tempo e pela sociedade. Sempre envelhecendo, mas sem nunca perder a alegria de viver.

 

aDSC07955 

aDSC07926

 

 

 

 

Daniel Quirino – Ascom Cidade do Saber

Nenhum comentário:

Postar um comentário