28 de jan de 2011

30 de janeiro - Dia Nacional dos Quadrinhos

 

1286110201_125910814_2-lote-de-gibis-Curitiba-1286110201

 

Considerada a porta de entrada para a literatura, as histórias em quadrinhos tem a capacidade de encantar e envolver de crianças a adultos. A aceitação das revistinhas por professores do ensino médio como reforço didático, influenciou muitos livros a adotarem a linguagem dos quadrinhos, o que facilitou ainda mais o entendimento dos estudantes.

O professor Diamantino Silva, é um dos maiores pesquisadores da área. Em seus estudos, ele diz que “a informação quando transformada neste formato, é compreendida numa velocidade maior”.

Os quadrinhos contribuíram de forma positiva, elevando a memorização, estimulando naturalmente a reprodução e produção própria do seu leitor, habituando as crianças à leitura e, de forma muito clara, formou o gosto pela leitura de muitas pessoas.

 

GibitecaCor

No projeto pedagógico da Cidade do Saber, a promoção de alternativas metodológicas, que viabilizem novas formas de aprendizagem, são uma de suas diretrizes. Por isso, em suas dependências, há uma Gibiteca, que no ano passado recebeu a placa Chiara per i Bambini del Mondo, do grupo italiano Associazione di volontariato Chiara per i Bambini del Mondo.

Segundo Zuleika Costa Cerqueira, responsável pela Gibiteca e Brinquedoteca da Instituição, as publicações disponíveis são distribuídas segundo a idade das crianças, o que facilita o entendimento das histórias. “Estamos sempre promovendo o incentivo à leitura na gibiteca. Seja de modo individual ou em grupo, as crianças são estimuladas a passar alguns momentos de prazer e divertimento, através da leitura”, comenta Zuleika.

A primeira história em quadrinhos brasileira foi “As Aventuras de Nhô Quim ou Impressões de Uma Viagem à Corte”, escrita e desenhada por Angelo Agostini, publicada no periódico “Vida Fluminense”, no dia 30 de janeiro de 1869. Assim, a data foi instituída para celebrar o Dia Nacional dos Quadrinhos.

No Brasil, ainda há uma certa resistência em relação as HQ´s. Os quadrinistas ainda trabalham duro para serem reconhecidos, principalmente como uma forma séria de fazer arte e literatura. Algumas conquistas vieram, como a entrada dos quadrinhos nas escolas, através do MEC, prêmios como o Trofeu Angelo Agostini e o HQ Mix, etc. Mas ainda não há espaço para os artistas revelarem seu talento e mostrarem suas propostas. Para muitos, a Internet ainda é a melhor forma de divulgação.

De qualquer modo, assim como a televisão, o rádio, o cinema e a imprensa, as HQ´s tornaram-se uma das mais importantes formas de expressão, unindo dois universos distintos: as letras e as imagens.

 

62959809_1-Imagemns-de-Gibis-do-Capitao-America cartaz 002-WEB spirit-4

gibis 450 mickey

TP528 copy 62959809_1-Imagemns-de-Gibis-do-Capitao-America ho01110301

Nenhum comentário:

Postar um comentário