6 de dez de 2010

Cidade em Cena: Achados e Perdidos

achados

Recriar e compreender o fluxo da vida. Essa foi a essência de “Achados e Perdidos”, espetáculo encenado pelos alunos de Dança Moderna, no quinto dia (05/12) da Mostra de Arte Cidade em Cena 2010, no Teatro Cidade do Saber.

Em clima de sonho e delírio, pequenos e comuns instantes do dia a dia foram representados por belos movimentos corpóreos criados pelo professor Leonardo Luz, transformando o palco em um resumo do cotidiano, tarefa que somente a delicadeza da arte poderia transformar em poesia.

De um ônibus lotado a uma “briga de rua”, tudo vira inspiração para criar movimentos harmônicos e acertados, momentos que paralisaram o público através do encanto nato da dança moderna.

Aliás, um trunfo e tanto: em um país sem a mesma tradição de dança como os da Europa, ter um teatro lotado é uma grande vitória.

Através dessas mostras, há no município cada vez mais consumidores de arte e dança que, aos poucos, mostram maior interesse por esse tipo de entretenimento.

Ao final, os educandos homenagearam o professor Luz, com presentes e uma surpresa especial: uma coreografia feita pela aluna Claudiana Santos especialmente para ele, emocionando a todos.

Com “Achados e Perdidos”, a dança tentou explicar a existência em diferentes dimensões, sendo também uma experiência marcante para cada um de seus componentes, que se doaram totalmente para essa apresentação.

Segundo o professor Leonardo, a dança é “uma tarefa para apaixonados”, algo que certamente ele conseguiu passar para seus alunos, que tiveram a oportunidade de exibir essa paixão por meio de uma apresentação comovente.

DSC00094 DSC00096

DSC00138 DSC00142

DSC00182 DSC00205

DSC00314 DSC00128

DSC00517

DSC00585 DSC00590

Daniel Quirino / Ascom Cidade do Saber

Um comentário:

  1. Projeto inspirado no conceito de universidade aberta é criado em Curitiba http://migre.me/2Ke17

    ResponderExcluir